Gostou do artigo? Compartilhe!

Os importantes marcos do desenvolvimento infantil

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Como sabemos se a criança está com algum atraso no desenvolvimento?



Os marcos do desenvolvimento são as ações que a maioria das crianças conseguem fazer em determinadas idades. Eles podem sofrer influência de fatores como genética, ambiente e estímulos e envolvem habilidades motora grosseira, motora fina, de linguagem, cognitivas, sociais e emocionais. Cada criança tem o seu tempo, mas atrasos persistentes podem indicar que algo não está normal e esta delimitação temporal do desenvolvimento é um importante indicador da saúde da criança.


Veja a seguir os principais sinais de alerta para atrasos dos marcos do desenvolvimento:


2 meses
Não reage a sons altosNão observa o movimento das coisasNão sorri para as pessoasNão leva as mãos à bocaNão consegue manter a cabeça erguida ao elevar o tronco quando está de bruços 

 

4 meses
Não observa o movimento das coisasNão sorri para as pessoasNão consegue erguer a cabeça firmementeNão faz barulhos ou emite sonsNão traz coisas à bocaNão empurra as pernas quando os pés estão encostados em uma superfície duraTem dificuldade em movimentar um ou ambos os olhos em todas as direções 


6 meses
Não tenta pegar objetos que estão ao alcanceNão mostra afeto por seus cuidadoresNão responde aos sons ao seu redorApresenta dificuldade em levar objetos à bocaNão emite sons vogais (“ah”, “eh”, “oh”)Não rola em nenhuma direçãoNão ri ou emite sons agudosParece bem duro, com músculos contraídosParece bem mole, como uma boneca de pano

 

 

9 meses
Não suporta o peso nas pernas com apoioNão senta com ajuda

Não balbucia (“mama”, “baba”, “dada”)Não joga nenhum jogo envolvendo dar e receberNão responde ao próprio nomeNão parece reconhecer pessoas familiaresNão olha para onde você apontaNão transfere os brinquedos de uma mão para outra 

 


1 ano
Não engatinhaNão consegue ficar de pé com apoioNão procura objetos que viu você esconder.Não fala palavras simples como “mama” ou “papa”Não aprende gestos como acenar ou balançar a cabeçaNão aponta para objetosPerde habilidades que já teve 


1 ano e meio
Não aponta para mostrar coisas para outras pessoasNão consegue andarNão sabe para que servem objetos comunsNão imita os outrosNão adquire novas palavrasNão tem um vocabulário de pelo menos 6 palavrasNão percebe ou liga se um cuidador sai ou retornaPerde habilidades que já teve 


2 anos

 

Não usa frases de 2 palavras (por exemplo, “beber leite”)Não sabe o que fazer com coisas comuns, como escova, telefone, garfo, colherNão imita ações e palavrasNão segue instruções simplesNão anda com firmezaPerde habilidades que já teve

 

3 anos 

Cai muito ou tem dificuldade com degrausBaba ou apresenta fala não claraNão consegue manusear brinquedos simples (como painéis furados, quebra-cabeças simples, maçaneta de virar)Não usa frases para se comunicarNão entende instruções simplesNão brinca de faz de conta ou de mentirinhaNão quer brincar com outras crianças ou com brinquedosNão faz contato com os olhosPerde habilidades que já teve 

 


4 anos
Não consegue pular no mesmo localApresenta dificuldade para rabiscarNão mostra interesse em jogos interativos ou de faz de contaIgnora outras crianças ou não responde a pessoas fora da famíliaResiste à troca de roupa, hora de dormir e ir ao banheiroNão consegue contar uma história preferidaNão segue comandos de 3 partesNão entende “igual” e “diferente”Não usa “eu” e “você” corretamenteFala de forma não compreensívelPerde habilidades que já teve 


5 anos

 Não mostra uma série de emoçõesDemonstra comportamentos extremos (medo, agressividade, timidez ou tristeza fora do comum)Retraído e pouco ativo fora do comumÉ facilmente distraído, tem dificuldade em focar em uma atividade por mais de 5 minutosNão responde às pessoas, ou responde apenas superficialmenteNão consegue separar o real do imaginárioNão brinca de uma série de jogos e atividadesNão consegue dizer seu nome e sobrenomeNão usa plurais e tempo passado corretamenteNão fala sobre as atividades ou experiências diáriasNão faz desenhosNão consegue escovar os dentes, lavar e enxugar as mãos, ou se despir sem ajudaPerde habilidades que já teve

 

Caso perceba que algo não está normal com o seu filho, marque uma avaliação com o pediatra. Ele é o profissional capacitado para diagnosticar inicialmente atrasos do desenvolvimento infantil e direcionar a criança para o serviço especializado necessário.Não deixe de consultar rotineiramente com o médico pediatra. O acompanhamento nas consultas de puericultura pode fazer com que a identificação de anormalidades ocorram o mais precocemente possível. Saiba mais em "Com qual frequência a criança deve ir ao pediatra?"

Referências:Centers for Disease Control and Prevention. Tools for Tracking Milestones. All Checklists with Tips.

 

Autor

Dr Adilson Rossi Ceron

Dr Adilson Rossi Ceron

Pediatra

Especialização em Residncia Mdica em Pediatria no(a) hospital nossa senhora da conceio.